segunda-feira, 7 de setembro de 2009

Jornal de Notícias - Escritor de prémios seguidos


O director artístico do Teatro Universitário do Minho, de 32 anos, foi laureado com cinco prémios no Brasil e em Portugal em apenas seis meses. A sua poesia chega este mês a dez palcos lusos
O matosinhense João Negreiros, de 32 anos, faz teatro e poesia desde a adolescência. Aos 16 anos, escreveu o primeiro livro, "Horas Extraordinárias" e, em breve, sai a sétima obra, com os monólogos "Bendita a Bruxa Má" e "O Dia Primeiro". Formou-se no Porto e em Lisboa, correu vários grupos, fundou a companhia itinerante …re…petição dando cem actuações por ano e interpretou 30 personagens numa só peça.
Criou ainda os projectos Literatura nas Escolas e Sentido de Amor, um teatro diário para vinte rádios nacionais. Nas entrelinhas continua a dar formação e é há alguns anos encenador e argumentista do Teatro Universitário do Minho (TUM). Este ano ainda teve fôlego para receber cinco galardões literários, dois deles no Brasil - o Prémio Internacional OFF FLIP em poesia, o Prémio Professora Therezinha Dutra Megale, o Prémio Irene Lisboa (3º lugar), o Prémio Nuno Júdice (Câmara de Aveiro) e ainda num escalão do Concurso Literário do Lions Club. "Calhou bem surgirem juntos", sorri.
Sim, ainda há mais. O seu livro "O Cheiro da Sombra das Flores" está entre as melhores obras de poesia ibérica de 2007 e 2008 e entrou na corrida ao Correntes d'Escritas'09. Por outro lado, após ter integrado a Antologia de Poesia da ASES, João Negreiros volta em breve a ser publicado no Brasil, pela OFF FLIP, que lhe atribuiu até uma rara bolsa de criação literária.
Os seus poemas também podem ser lidos diariamente nas janelas dos autocarros dos Transportes Urbanos de Braga, numa parceria com o Centro de Pesquisa e Interacção Cultural.
Falta ainda dizer que os seus versos, desde o neo-surrealismo à lírica conceptual e sonora, vão ter direito este mês à digressão nacional "Inspirar é Respirar". O percurso antológico de Negreiros será trazido pelas dizedoras Ana Catarina Miranda, Andreia Dantas, Catarina Rocha, Dina Costa e Eduarda Freitas, todas do TUM. "Haver cinco mulheres é marcante, os poemas entranham, é o sexo pelo melhor motivo", define o autor de "Os Vendilhões do Templo".
A Fundação Calouste Gulbenkian, IPJ, Universidade do Minho e Papiro Editora apoiam a iniciativa, que passa por Vila Real (dia 19), Porto (16 e 22), Braga (88 e 10), Coimbra (12), Lisboa (20) e Guimarães (21).

Nuno Passos - JN 07/09/09

16 comentários:

  1. PARABÉNS João
    PARABÉNS DE HÁ MUITO TEMPO.
    agora, começa a saber-se.
    nada que me espante. tu sabes.
    marta

    ResponderEliminar
  2. Incrível coincidência: descobri a sua poesia ontem e acabei de postar um poema seu em:
    A DISPERSA PALAVRA
    www.adispersapalavra.blogspot.com

    Tenho o "Luto Lento" por um excelente livro.
    Parabéns!
    Victor Oliveira Mateus

    ResponderEliminar
  3. Muito obrigado e parabéns pelo blog. Fico muito honrado por ter escolhido um dos meus poemas. Grande abraço e obrigado pela força.

    ResponderEliminar
  4. Este comentário foi removido por um administrador do blogue.

    ResponderEliminar
  5. Caro João,

    (Creio que a primeira mensagem deu um erro)

    Queria pedir-lhe para não publicar este comment, mas uma vez que não tinha mais nenhum contacto, assim teve que ser e ainda bem que as redes sociais o permitem. Irei construir um comentário bem mais coeso e depois peço-lhe que publique.

    Depois de ler grande parte da sua obra, não consigo coibir-me mais de a comentar.

    É de facto, e numa muito humilde opinião, um grande talento na literatura portuguesa. Em nome pessoal e "nacional" um muito obrigada por esta lufada de ar fresco.

    Já tive o prazer de assistir a uma performance sua em Barcelos, a minha terra natal, no programa Sub Escuta, e fiquei impressionadíssima com a sua poesia assertiva, indiscreta, talentosa, bem escrita, excelentemente bem interpretada.

    Sou uma mera jovem de 25 anos também sagitariana por sinal, que vive e trabalha no Porto e a poluição cultural que vemos hoje em dia é tanta que são dignos de louvor estes talentos maravilhosos.

    Fico sinceramente orgulhosa por ver a língua portuguesa em todo o seu esplendor nos seus escritos. É um prazer, na minha geração, ver um autor a marcar uma nova corrente artística em Portugal.

    Os meus sinceros parabéns e votos de muito sucesso. Ainda mais, pois bem o merece.

    Se por acaso tiver curiosidade pode visitar o meu blog, assinado com o pseudónimo Carolina Abreu (C.A.). Ainda é um bebé :-) Estou a testar a forma de lidar com a exposição pública :-)

    Obrigada pela sua atenção e continuação de excelente trabalho.

    Carolina Abreu

    ResponderEliminar
  6. Cara Carolina, peço mil desculpas mas tive que publicar o seu comentário, o carinho não se pode desperdiçar.
    Obrigado pelas palavras tão gentis e muitos parabéns pelo seu blog.

    P.S. - O meu e-mail é o joao.ae@iol.pt

    ResponderEliminar
  7. eu é que fico e muito "sensibilizada"


    ....João....


    (piano)

    ResponderEliminar
  8. prémios bem merecidos!
    os meus Parabéns
    és um grande trunfo para cativar uma geração mais jovem para as belezas da poezia

    Pedro Varela

    ResponderEliminar
  9. Hinos Estelares sem tréguas e Sinos em Canto d'Emoção é o que sinto ao "folhear" A Mostra breve mas profundamente dizível que este computador me deu a olhar...
    CONSTELAÇÃO BRILHANTE, A OBRA de JOÃO NEGREIROS !
    É claro que irei à Bertrand com intensão traçada e que tentarei estar em Braga no último Espectáculo...
    Os PARABÉNS não cabem na Palavra...
    Um beijinho. maria josé praça

    ResponderEliminar
  10. João Negreiros em primeiro lugar sou amigo Miguel Barbosa que recebeu o Prémio Jorge Amado 2009...estamos aqui em Queluz.
    Quando da minha primeira mensagem intuiu-me o apelido Negreiros. Como sabe refiro-me a Almada também poeta. Que conheci nos idos de 60 no atelier de Artur Bual com seu neto.
    Posto isto irei ler afincada a sua obra e desde já o felicito pelo seu profílico e árduo trabalho.
    Sem mais
    Henrique Velez

    ResponderEliminar
  11. Parabéns João!! Meu novo amigo de facebook e que agora terei oportunidade de conhecer por seus escritos... seu legado.
    Marcelo Mansur

    ResponderEliminar
  12. Joãozinho quando é que temos um video do poema " tu messias mais"?

    ResponderEliminar
  13. Vou ler e conhecer... para depois comentar. Por curiosidade, também sou de Matosinhos.
    Sara Rodi

    ResponderEliminar
  14. Parabéns!!! No ano passado, no final do ano, vi com os meus alunos alguns vídeos seus.
    Sabe bem ver o reconhecimento?

    ResponderEliminar
  15. Muito bem, menino!
    Mas menino - homem, nessa concepção do "sexo no melhor sentido".
    Te vejo no face.

    ResponderEliminar
  16. Há pouco conheci teu trabalho, encantada , maravilhada, fiquei lendo, vendo os vídeos, hipnotizada e com um turbilhão de emoções tomando conta d'alma ! Obrigada por ter revirado meus pensamentos...isto é ótimo !

    ResponderEliminar